Star Wars – finalmente – na Netflix

 In Filmes, Novidades

A Netflix anunciou ontem (26/09) na sua fanpage a notícia de que – enfim – vai incluir a saga Star Wars em seu catálogo (aplausos!). A série é mundialmente famosa e em alguns lugares é vista até como religião. Aqui no Brasil, apesar de ter muitos fãs, a saga ainda não é tão popular. A série é composta atualmente por 7 filmes, mas vamos falar aqui dos 6 primeiros:

Trilogia Original

– Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança (1977)

– Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca (1980)

– Star Wars Episódio VI: O Retorno do Jedi (1983)

Trilogia Prequela

– Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma (1999)

– Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones (2002)

– Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith (2005)

Existem muitos debates quanto à sequência “correta” de assistir e, para facilitar a vida de quem está entrando agora nesse universo, vamos apresentar as mais conhecidas.

  • A ordem cronológica da história – I, II, III, IV, V e VI – é a ordem menos recomendada pelos fãs;
  • A ordem de lançamento – IV, V, VI, I, II, III – é a mais popular;
  • A ordem Ernst Rister – IV, V, I, II, III e VI – para muitos soluciona os problemas das anteriores;
  • A ordem machete – IV, V, VI, II e III – a preferida dos fãs e ignora o episodio I.

Agora que apresentamos as ordens existentes, vamos dar uma explicação para cada opção. CUIDADO, contém spoilers!

Ordem Cronológica

Essa é a ordem menos recomendada para quem está começando a assistir justamente porque estraga a maior surpresa do filme: Luke Skywalker é filho do Darth Vader (Noooooo). Pode parecer que não, mas nem todo mundo conhece esse segredo, que é tido como uma das maiores surpresas da história do cinema. Geralmente essa sequência é recomendada para quem já assistiu aos filmes e quer ‘’inovar’’.

Ordem de Lançamento

Essa é a ordem mais popular, mas depois que as versões remasterizadas foram lançadas, começaram a aparecer problemas, como por exemplo o espírito do jovem Anakin aparecendo no final do Episodio VI. Para quem já assistiu à Trilogia Prequela é fácil fazer a ligação, mas quem ainda não chegou lá fica com uma cara de –Q? Antes da remasterização, quem aparecia ao lado dos mentores era o ator que fez o papel do Darth Vader sem a máscara, pouco antes da sua morte.

Ordem Ernst Rister

Essa ordem foi criada para tentar resolver os problemas das opções citadas acima. Nela, o indicado é assistir os episódios IV e V, não estragando assim a surpresa da revelação da paternidade do Luke. Em seguida, você passa para a Trilogia Prequela, que entra como um flashback para explicar como o maior vilão da galáxia é pai do mocinho Jedi da história. E, para finalizar, assiste ao episódio VI, que fecha lindamente a história.

Ordem Machete

Essa sequência, apesar de muito parecida com a anterior, é a mais radical de todas. Nela, o Episódio I é completamente ignorado! Para a maioria dos fãs, “A Ameaça Fantasma” é o pior filme de toda a saga, com seus elementos inúteis à história, personagens odiados – oi, Jar-Jar Binks – e a concepção ‘’santa’’ de Anakin Skywalker, para citar alguns. É claro que esse deveria ser o filme base de todo o universo Star Wars, mas é, na verdade, a maior decepção do público nerd.

A saga Star Wars chega ao catálogo da Netflix no dia 02 de outubro. Então já sabe, né? Escolha sua ordem favorita e “Que a força esteja com você”!

Você pode gostar destes também:

Deixe um comentário

otaku-menu
Mande um oi pra gente

Você pode mandar aqui sua sugestão, elogio ou apenas nos xingar! Use este espaço é seu!

Start typing and press Enter to search

Fique ligado nas novidades!
Assine nossa news!
Inscrever
Experimente, você pode se desinscrever a qualquer momento.
close-link