Demonstração de uma hora do novo Mega Drive

 In Games

A Tectoy preparou uma demonstração de uma hora gravada direto do novo modelo do Mega Drive, onde mostra um pouco da interface do console, os gameplay dos jogos salvos na memória e de alguns outros rodando direto do cartucho.

O clássico console será produzido com novos componentes, em edição limitada, e chega às lojas em junho de 2017 por R$ 450.
Você pode fazer a pré-venda no site oficial da empresa – na pré-venda, o preço é de R$ 400.

O aparelho virá com um controle de três botões, um cabo de áudio e vídeo, um manual de instruções com certificado de garantia.
O aparelho terá suporte para cartuchos, mas nem todos deverão rodar, por conta das diferenças entre o software e o hardware originais, de acordo com uma página de perguntas e respostas da Tectoy.
Entretanto, o novo Mega não rodará os jogos por emulação, e sim com um circuito integrado com componentes similares aos do aparelho original.

A empresa também afirma que quer relançar os cartuchos do Mega Drive, mas para isso precisará renegociar as licenças. “É um assunto complexo, em se tratando de jogos e marcas criadas décadas atrás”, diz a página. Acessórios do Mega Drive como o Game Genie, o Sega CD e o 32X também não funcionarão no novo aparelho.

Confirmando especulações de fãs, o novo Mega terá entrada para cartões SD e mais de 20 jogos na memória, além de uma caixa clássica, inspirada na embalagem do aparelho vendido pela Tectoy nos anos 90. Entretanto, o novo console não terá entrada HDMI.
De acordo com a Tectoy, a inclusão deste formato encareceria demais o produto.

A lista de jogos que virão na memória do novo Mega incluem Alex Kidd in the Enchanted Castle, Alien Storm, Altered Beast, Arrow Flash, Bonanza Brothers, Columns, Decap Attack, E-Swat, Fatal Labyrinth, Flicky, Gain Ground, Golden Axe, Golden Axe 3, Jewel Master, Kid Chameleon, Last Battle, Out Runners, Sega Soccer, Shadow Dancer, Shinobi 3, Sonic 3 eTurbo Outrun.

A Tectoy é a distribuidora oficial dos consoles da SEGA desde o fim dos 1980. Mesmo após a saída da empresa japonesa do mercado de consoles, a empresa brasileira a continua a relançar versões de seus aparelhos, como o Master System.

“Shut up! and take my money!”

Veja:

Via: Omelete

Você pode gostar destes também:

Deixe um comentário

otaku-menu
Mande um oi pra gente

Você pode mandar aqui sua sugestão, elogio ou apenas nos xingar! Use este espaço é seu!

Start typing and press Enter to search

Fique ligado nas novidades!
Assine nossa news!
Inscrever
Experimente, você pode se desinscrever a qualquer momento.
close-link